quarta-feira, 15 de abril de 2015

Campinense e Bota Fogo representam a Paraiba

O Campinense e o Bota Fogo representam a Paraíba hoje pela Copa do Brasil.
A raposa viaja para o Rio Grande do Sul onde enfrenta o Grêmio na sua arena, e tem que vencer por dois gols de diferença pra continuar na competição, já o belo vai ao Rio de Janeiro, e pega o Bota Fogo local, podendo até empatar o jogo em 2 x 2 pra ir para os pênaltis, qualquer vitória simples classifica ambas as equipes.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Promotor de Justiça Militar Visita 1º Batalhão de Bombeiros

O Promotor de Justiça Militar do estado da Paraíba Dr. Fernando, esteve na manhã desta segunda (13) realizando uma visita ao 1º Batalhão de Bombeiro Militar. O comandante TC Jean Benício, apresentou as dependências do Batalhão e em seguida realizaram uma breve palestra para as guarnições de serviço e pessoal do expediente, relacionando diversos assuntos acerca do Ministério Público Militar e algumas dúvidas que vieram a surgir por parte da tropa.
O Promotor deixou bem claro que o Ministério Público Militar está de portas abertas para os militares que se por um acaso vier a ser cometido por alguma infração penal militar ou não, que ele está a disposição para sanar as dúvidas recorrentes e que o papel da promotoria não é só de punir ou absolver, mas como também de ouvir as partes envolvidas.
O Promotor foi convidado ainda para participar de uma instrução na Auto Plataforma Aérea 01, onde pode sentir um pouco da adrenalina que os bombeiros passam diariamente.







segunda-feira, 13 de abril de 2015

Grave Acidente na Capital

Um acidente gravíssimo aconteceu na manhã deste sábado (11) na ladeira que liga os bairros Valentina de Figueiredo e Mangabeira. Um caminhão baú colidiu com uma motocicleta, ocasionando o seu descontrole saindo da via e vindo a parar depois que colidiu com uma árvore. A piloto da moto ficou gravemente ferida, e vindo a falecer momentos depois ao ser socorrida para o Hospital de Trauma na capital. Segundo informações colhidas no local por algumas testemunhas, ainda se envolveu no acidente um terceiro veículo. Pelo menos mais quatro pessoas ficaram feridas no acidente e foram socorridas pelas equipes do Corpo de Bombeiros e Samu.


                                                                                                           (Foto: Walter Paparazzo/G1)

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Cara Nova

O nosso blog está de volta e de cara nova, dessa vez iremos tratar dos mais diversos assuntos relacionados a capital paraibana e cidades ciclo vizinhas.

Espero que continuem nos dando credibilidade junto as nossas informações, pois estaremos trabalhando e pesquisando sem medir esforços, para que todos possam ficar satisfeitos e bem informados com nossas publicações e link's.

Agradecemos pela confiança e assiduidade





Charles Everton

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Incêndio no sertão da PB destroi depósito de cocos

Um incêndio destruiu parte de um depósito de cocos no município de Souza no sertão da Paraíba, em um Sítio conhecido como Mãe D'Água.
Integrantes do Corpo de Bombeiros da 1ª Companhia Regional de Incêndio, conseguiram controlar as chamas e conter o fogo que se alastrou por um depósito de coco seco, localizado no Sítio Mãe D’Água.  O incêndio destruiu grande parte da mercadoria alojada na localidade.
O incêndio começou por volta das 18h desta segunda-feira (27) e foi controlado depois de um trabalho eficaz e determinante dos bombeiros. Ainda não foi descoberto o que teria motivado o início do fogo.
Onze homens do Corpo de Bombeiros e duas viaturas foram utilizados para o controle das chamas que estavam se alastrando rapidamente e por pouco, não atingiram casas vizinhas ao depósito.
Informações obtidas, destacam as conduções do local que é descampado e os prejuízos foram materiais. O proprietário do depósito, Francisco Aílton Mendes, não se encontrava no local, pois estava em viagem a negócios.

Charles Everton ainda com informações do portal correio

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Passageira manda SMS para PM e menor armado é detido em ônibus

Um menor de 17 anos foi apreendido na tarde desta segunda-feira (27), na Avenida Milão, no Jardim Europa, em Goiânia, com uma pistola 380 e 19 munições. O jovem estava em um ônibus do transporte coletivo e foi detido depois que uma passageira mandou mensagem para o celular da Polícia Militar (PM) denunciando rapaz.
A passageira, que preferiu não se identificar, conta que percebeu o jovem estava armado assim que ele entrou no veículo público que fazia a linha 574 – T. Bandeiras/Forteville. “Quando ele pulou a catraca eu e outros passageiros percebemos que ele estava com a arma dentro do short, na parte da frente”, contou.
De acordo com ela, os passageiros se mantiveram quietos e calmos. Foi então que ela teve a ideia de mandar a mensagem para o número do celular da PM que tinha gravado em seu aparelho. O número foi anotado quando ela teve a casa furtada e decidiu manter gravado o contato dos policiais.
Ao receber o primeiro SMS, a viatura avisou, via rádio, os policiais da área onde o menor se encontrava e militares fizeram o cerco ao veículo. “A polícia parou o ônibus e pediu que todos os homens descessem. Ele [adolescente] jogou a arma debaixo do banco, mas já era tarde”, lembra a passageira.
A passageira destaca que foi importante ter o número em mãos. “Foi muito importante porque a outra opção era ligar, mas eu não podia falar, se não ele ia perceber. Esse número me possibilitou mandar o SMS”, diz.
O flagrante por porte ilegal de arma foi registrado no 20º Distrito Policial de Goiânia. O menor deve ser entregue na Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).
Fonte: G1.com/GO

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Operação em aldeia no RS prende traficantes

Agentes da delegacia de Bom Retiro do Sul, no Rio Grande do Sul, com apoio de policiais da 19ª Delegacia de Polícia Regional (DPR), deflagraram na manhã desta sexta-feira  a Operação Apache na aldeia indígena kaingang, no município de Estrela. Segundo o delegado Rodrigo Reis, até as 9h30, três pessoas haviam sido presas, entre eles, estava o cacique da aldeia e seu filho. Um homem também foi preso em flagrante com 53 pedras de crack e mais de R$ 100 em dinheiro. Em uma das residências, os policiais encontraram uma pistola calibre 380.

A operação Apache contou com a participação de 160 policias e tinha como objetivo o combate ao tráfico de drogas. Agentes cumpriram dois mandados de prisão temporária e um de busca e apreensão coletiva, nas 16 casas da aldeia. A Operação teve início com base em investigações que apontaram o tráfico de drogas na região indígena.

Com informações do terra.com.br

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Cabo da PMPB é expulso por ser informante de bandidos

O cabo da Polícia Militar da Paraíba, Natanael Virgínio da Rocha Júnior, 33 anos, foi expulso da corporação, segundo publicação do Diário Oficial, da última terça-feira, por integrar uma quadrilha de assaltantes de bancos. De acordo com a Corregedoria Administrativa da PM, ele foi apontado como informante do bando e recebia até R$ 5 mil por cada informação repassada aos criminosos.
Ele também é suspeito de tentar matar três policiais militares que participaram das investigações. Em um ano e sete meses, 21 processos administrativos foram instaurados contra PMs, sendo que 10 deles terminaram em expulsão e os demais continuam em andamento.
Conforme o major Ronaldo Marques Batista, corregedor administrativo da PM, o Ministério Público (MP), as polícias Civil e Militar de Mamanguape iniciaram as investigações no ano passado e entregaram o processo, contendo várias provas contra o acusado, à Corregedoria Administrativa.
“Diante dos autos do processo jurídico do Ministério Público, nós abrimos um processo administrativo, onde foi formado um conselho disciplinar, que comprovou fortes indícios de participação do policial em uma organização criminosa e decidiu pela sua exclusão da corporação”, frisou.
Sobre a função de informante de bandidos, o major afirmou: “Foram entregues gravações contendo várias declarações que confirmaram o seu envolvimento nas ações criminosas”. Em relação à suspeita de tentar matar colegas, o corregedor disse que estão sendo investigadas.
De acordo com a polícia, a quadrilha agia assaltando agências bancárias e dos Correios, na região de Mamanguape e do Litoral Norte do Estado. Era formada por cerca de 15 pessoas. “Natanael informava aos outros integrantes do grupo a localização da polícia e das viaturas e faturava por cada informação”, contou o major Ronaldo Marques.
Segundo o major, outras sete pessoas que integravam a quadrilha estão presas, em Natal (RN), na Penitenciária Flósculo da Nóbrega (Presídio do Róger), em João Pessoa, e no Presídio de Mamanguape. O major Ronaldo Marques não soube informar o nome dos presos e nem há quanto tempo o grupo agia na região.
Segundo a Corregedoria Administrativa, Natanael Virgínio teve direito à defesa, mas o conselho disciplinar entendeu que as provas contra ele eram evidentes e muito fortes, infringindo como conduta negativa para a corporação. “Toda conduta incompatível com a condição de um policial militar, seja ela abuso de poder, corrupção, faltas ao trabalho, gera processo administrativo, que conforme suas provas pode acabar em desligamento da corporação”, observou o major Ronaldo Marques. Segundo o major, até o momento, Natanael responde ao processo em liberdade.
A reportagem entrou em contato com o delegado Francisco Marinho, responsável pelo inquérito policial no início das investigações, para saber se será expedido um mandado de prisão contra o acusado. No entanto, o delegado informou que o caso foi repassado ao gerente da Polícia Civil Metropolitana de João Pessoa, Wagner Dorta, que não atendeu as ligações.
De acordo com a Corregedoria Administrativa da PM, o cabo ainda pode recorrer à decisão com a Procuradoria-Geral do Governo do Estado. O policial tinha 13 anos de PM e estava lotado no 12º Batalhão de Polícia Militar de Mamanguape.

Com informações do portal correio



quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Casal é preso com arsenal dentro de um veículo em Campina Grande



Um verdadeiro arsenal foi apreendido na noite de terça-feira, 21, por policiais do 2º Batalhão da PM, sediado em Campina Grande. Dentro de um veículo foram encontrados três revólveres calibre 38 (reforçado), duas escopetas calibre 12 (repetição), três fuzis e ainda uma máquina de carregar munições. Uma quantidade considerável de munição e um quilo de maconha também estavam dentro do veículo Honda, Civic, placas NQG-0123-PB.
Foram presos Álvaro Romero Cavalcanti de Queiroz, de 42 anos, e Hiurana Thalita de Moura de 19 anos, ambos naturais de Serra Branca, no Cariri paraibano, mas que estavam residindo em Campina Grande.
De acordo com informações do tenente coronel Souza Neto, comandante do 2º BPM, os policiais da Rotam, sob o comando da tenetne Camila realizavam rondas quando suspeitaram de um veículo no bairro do Alto Branco e resolveram abordar. A abordagem aconteceu na Arquilino de Sousa Guimarães.
O casal ainda tentou impedir a revista por parte dos policiais com vários tipos de argumentos. Todo material apreendido estava escondido no banco traseiro.
Para os policiais, Álvaro tentou justificar que as armas faziam parte de uma coleção, no entanto, o tenente coronel Souza informou que elas são novas. A polícia não descarta a hipótese de que as armas eram alugadas para assaltos.
O casal foi levado para a Central de Polícia de Campina Grande para ser autuado em flagrante.

Com informações do wscom

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Mulher é Sequestrada, Assaltada e Estuprada em Bayeux - PB


Uma mulher foi seqüestrada, assaltada e estuprada na cidade de Bayeux ontem (20), após sair de uma agência bancária. A vítima foi abordada por um homem que lhe teria pedido informações, em seguida, ele a obrigou a entrar em um carro de cor preta, onde outro homem também se encontrava.
De acordo com relatos da própria vítima a polícia, a dupla roubou todos os seus cartões de créditos com as senhas. Posteriormente, eles seguiram para as agências bancárias e recolheram todo o dinheiro que a mulher tinha nas contas.
Ela informou ainda, que após ser mantida seis horas sob o poder dos bandidos, os dois homens a estupraram, depois a deixaram jogada em uma calçada no bairro de Manaíra em João Pessoa. A mulher foi socorrida para uma unidade de saúde com fortes dores no corpo. O caso foi registrado na Delegacia da Mulher da cidade de Bayeux.

Fonte: portalcorreio.com.br