sexta-feira, 6 de abril de 2012

Policial Militar é preso por suspeita de participar de quadrilha em SP

Um policial militar do 16º Batalhão, da zona sul de São Paulo, foi preso no início da madrugada desta sexta-feira sob suspeita de colaborar com as quadrilhas de ladrões que roubam casas de alto padrão no bairro do Morumbi (zona oeste paulistana).
O policial militar é integrante da Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motos) do 16º Batalhão. Ele era monitorado pela Polícia Civil e também pela Corregedoria da PM havia quase três meses. O nome do PM preso está sendo mantido em sigilo pelas autoridades.
As investigações apontam que o policial usava informações privilegiadas sobre o patrulhamento da Polícia Militar na região do Morumbi para indicar quais os melhores dias e horários para que os ladrões pudessem cometer crimes na região.
No ano passado, o Morumbi enfrentou uma onda de assaltos a residências. Após manifestações dos moradores, a PM reforçou a segurança entre agosto e novembro. Porém, com o fim da onda de assaltos, retirou os policiais.
"Os ladrões aproveitaram a saída dos PMs e voltaram a agir", disse Júlia Rezende, do Conseg Morumbi, quando os dados foram revelados pela reportagem.
"Meu desapontamento é que, por mais que a gente reclame, quase nunca é atendido", disse Miriam Ito Tanaka, presidente do Conseg de Pinheiros.
Segundo disse em março o coronel da PM Marcos Chaves, ações foram adotadas para inibir os roubos, como a mudança do horário de entrada dos PMs nos bairros, para evitar que os roubos ocorram quando os moradores saem de casa ou chegam nela.

Com informações da folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário