terça-feira, 10 de abril de 2012

GDF anuncia novo Comandante Geral da PM

O coronel Suamy Santana da Silva, 50 anos, foi apresentado oficialmente nesta terça-feira (10/4) como novo comandante da Polícia Militar do DF. Ao lado do secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, o oficial mostrou firmeza no seu primeiro discurso. Foi duro ao anunciar que pretende punir colegas de farda insubordinados que fomentem a desordem.
"Essa farda é como se fosse uma pele e essa é a minha instituição. Quem usa a clandestinidade da internet para comemorar desgraça, não é um verdadeiro policial militar. Essas pessoas serão punidas", disse ele, referindo-se às mensagens publicadas em redes sociais supostamente atribuídas a PMs. Os textos ironizam a crescente onda de violência no Distrito Federal, além de criticarem a cúpula do governo.
Suamy também demonstrou personalidade forte ao afirmar que a corporação é menos valorizada do que outras instituições, como o Departamento de Trânsito (Detran) e a Polícia Civil. Ele ainda expôs a intenção de promover mudanças em parte das 33 chefias de batalhões de área. Outra medida será aumentar a gratificação dos comandantes de unidades regionais. Passará dos atuais R$ 2,4 mil para R$ 3 mil. Segundo ele, a ideia é motivar os oficiais. "O comandante de área exerce uma função árdua. Ele tem de estar na ativa 24 horas, pronto para resolver qualquer problema", disse.
Antes de assumir o posto mais alto da hierarquia da PMDF, Suamy era secretário adjunto de Segurança Pública, cargo que ocupou por oito meses. Quem assume essa função é o também coronel Jooziel de Melo Freire, ex-subsecretário de Operações.
A exoneração do antigo comandante geral da PMDF, Sebastião Gouveia, foi motivada por vídeos e publicações em redes sociais, publicadas supostamente por PMs que denominaram a atuação como "Operação Tartaruga" onde os PMs fazem corpo mole nas ocorrências e agradecem a bandidos por aumentarem os índices de criminalidade no Distrito Federal.
Os manifestantes reinvidicam melhorias em seus salários, que por sinal é o mais alto do país entre as categorias de PMs, eles querem um aumento proporcionalmente equiparado com a PCDF, que ganha em torno de dez mil reais para um agente de classe inicial.

Charles Everton ainda com informações do correiobrasiliense.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário