terça-feira, 6 de março de 2012

Polícia Prende acusado de matar monitor do CEJ e os dois internos que fugiram

A Polícia Militar da Paraíba prendeu na madrugada desta terça-feira (6), na cidade do Conde, na Grande João Pessoa, os dois internos do Centro Educacional de Jovens (CEJ) que foram resgatados na quinta-feira (1º) e também um homem suspeito de matar um monitor do órgão durante a mesma ação. De acordo com o major Marcos Benevides, comandante da 3ª Companhia do 5º Batalhão de Polícia Militar, outros três homens também foram presos e todos teriam envolvimento com uma facção criminosa que atua na capital paraibana.
O major Benevides informou que os homens foram detidos na comunidade Nossa Senhora da Conceição e a polícia teria chegado ao grupo por meio de informações de moradores. Ainda segundo ele, os suspeitos estariam tentando “tumultuar a comunidade”. Os seis foram encontrados em uma casa e, de acordo com a polícia, eles portavam três revolveres e uma quantidade de maconha.
Inicialmente o grupo foi levado para a Delegacia de Alhandra, cidade vizinha ao Conde. Entretanto, Marcos Benevides informou que ainda na manhã desta terça eles vão ser transferidos para a Delegacia de Homicídios em João Pessoa.
Os dois internos do CEJ fugiram quando voltavam de uma consulta médica na quinta-feira. Um grupo de criminosos teria rendido os funcionários do órgão que estavam no carro, soltado os internos e depois disparado tiros. O monitor que morreu estava dirigindo o carro do qual os internos foram resgatados. Segundo a assessoria de imprensa da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac), ele foi atingido com um disparo na cabeça e depois foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. No último sábado, foi localizado em Santa Rita o carro utilizado no resgate dos internos. O veículo estava no bairro de Tibiri e, segundo a polícia, era alugado e teria sido roubado na semana passada.

Com informações do G1.com/paraiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário