quarta-feira, 27 de julho de 2011

Motorista curioso tenta ver acidente na faixa contrária e acaba batendo na BR 230

Os motoristas tiveram que ter um pouco mais de paciência na manhã desta quarta-feira (27) no trecho do km 19 da BR-230 no bairro Castelo Branco na capital paraibana. Isto porque duas colisões, envolvendo quatro carros, interromperam os dois sentidos da rodovia. O primeiro acidente aconteceu por volta das 8h no sentido praia-Centro, já o segundo aconteceu poucos minutos depois no sentido Centro-praia.
O inspetor Genésio Viera, da Polícia Rodoviária Federal, explicou que o segundo acidente de trânsito aconteceu porque os motoristas curiosos acabaram se distraindo no momento que tentavam ver o que estava ocorrendo na faixa contrária. “Os motoristas precisam manter uma certa distância do carro da frente”.
O inspetor alertou ainda para o período chuvoso que os motoristas ficam com pouca visibilidade e os cuidados precisam ser redobrados. “A distância ideal entre os veículos é de pelo menos a distância equivalente a de três carros. Lembrando que quanto maior a velocidade, consequentimente, maior a distância”, finalizou Genésio.
Duas viaturas da PRF estiveram no local dos acidentes. Ninguém ficou ferido.

Com informações do paraiba1

terça-feira, 26 de julho de 2011

Morador encontra e devolve arma de PM no RJ

Um morador da comunidade do Andaraí, na Zona Norte do Rio, encontrou e devolveu, nesta terça-feira (26), a arma de um policial da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do local. O agente tinha perdido a pistola no final de semana passado e, por esta razão, foi afastado do patrulhamento das ruas. A informação foi confirmada pela assessoria da Secretaria de Segurança Pública.
De acordo com a secretaria, o capitão da UPP da comunidade, Victor Fernandez, fez uma reunião com os moradores na noite de segunda-feira (25) e pediu para que eles ajudassem a encontrar a arma. A pistola foi devolvida ao próprio capitão. Ela estava intacta e com todas as munições dentro, segundo a secretaria.
Ainda de acordo com a secretaria, mesmo com o aparecimento da arma, o policial continuará afastado das ruas, mas desempenhará serviços administrativos, até que sejam concluídas as investigações do inquérito policial militar. O policial tem dois anos de corporação, é considerado tranquilo e sem qualquer problema com a comunidade.

Fonte: G1.com/RJ

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Justiça do RJ decreta prisão de 4 PMs "caso Juan"

O juiz Márcio Alexandre Pacheco da Silva, do 4º Tribunal do Júri de Nova Iguaçu, decretou na noite desta quarta-feira (20) a prisão temporária por 32 dias dos quatro policiais militares suspeitos de envolvimento na morte e no sumiço do menino Juan de 11 anos, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, após uma operação.
Segundo o MP-RJ, a prisão temporária dos PMs é em relação a dois homicídios duplamente qualificados (a morte do menino Juan e de um suposto traficante), duas tentativas de homicídio duplamente qualificado (do irmão de Juan, e de um jovem de 19 anos - ambos estão no Programa de Proteção à Testemunha) e ocultação de cadáver de Juan. Os mandados de prisão deverão ser encaminhados à Delegacia de Homicídios da Baixada (DHBF), responsável pelo caso.
De acordo com o delegado, uma série de provas e testemunhas ajudam nas investigações. Um vídeo gravado por um morador logo após a ação policial mostra as posições das cápsulas de bala e poças de sangue, que seriam de Juan.
“Os disparos só foram efetuados de um ponto da comunidade. Primeiro os PMs contaram que se confrontaram com seis suspeitos, mas, em depoimento, se contradisseram, dizendo que o confronto havia sido com dois homens”, explicou o delegado. Na ocasião, um suspeito de ser traficante foi baleado e morto. No entanto, a perícia apontou que apesar de armado, este suspeito não efetuou disparos.
No dia 12 de julho, a Justiça do Rio determinou a quebra do sigilo telefônico de dez pessoas que estão sendo investigadas no caso. O juiz Márcio Alexandre Pacheco da Silva, do 4º Tribunal do Júri de Nova Iguaçu, autorizou a quebra de sigilo telefônico entre o dia 2 de junho até 4 de julho de 2011. O pedido foi feito pelo Ministério Público.

Com informações do G1.com

terça-feira, 19 de julho de 2011

Policiais arrecadam dinheiro para consertar viatura na PB

A falta de manutenção nos carros da Polícia Militar da Paraiba tem sido uma realidade no Vale do Mamanguape. A denúncia parte dos próprios policiais que utilizam as viaturas todos os dias e afirmam que enfrentam dificuldades para realizar os serviços devido às péssimas condições em que se encontram alguns carros oficiais.
De acordo com os PM´s, os veículos só pegam no tranco por falta de baterias. Os policiais afirmam que os carros quebram constantemente por não passarem por revisão periódica. Muitas das vezes, as guarnições arrecadam dinheiro para manutenção de alguns veículos.

Onde está o dinheiro que nós pagamos sobre os diversos impostos impôsto a nós, Sr. Governador, Sr. Cmt Geral da PM, isso é uma vergonha!!!No nosso estado policiais terem que arrecadar dinheiro entre sí e população, para que possam realizar os seus trabalhos em viaturas sem manutenção e condições de uso. Até que ponto iremos chegar para que a nossa população vejam as qualidades de pessoas que estão no poder público do nosso estado e país.
 Charles Everton ainda com informações do portal correio.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Aumenta efetivo da Força Nacional de Segurança Pública no Entorno do DF

O Ministério da Justiça vai enviar novos integrantes da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) para auxiliar na apuração de inquéritos policiais de crimes cometidos do Entorno do Distrito Federal. A decisão é uma resposta ao pedido do Ministério Público de Goiás feito durante reunião realizada na tarde da quinta-feira (14/07) entre o diretor da FNSP, major Alexandre Aragon, e o coordenador do Projeto do Entorno do Distrito Federal do Ministério Público de Goiás, Luís Guilherme Martinhão Gimenes. A quantidade de policiais não é divulgada por questões de segurança. Desde maio de 2011, a Força Nacional apoia as polícias da região em cinco cidades: Águas Lindas, Novo Gama, Luziânia, Valparaíso e Cidade Ocidental. O representante do MPGO solicitou que o policiamento se estenda a todas as 24 cidades do Entorno.
O balanço de dois meses e meio de atuação da Força Nacional de Segurança Pública no Entorno do Distrito Federal revela que o trabalho ostensivo da corporação tem conseguido enfraquecer o tráfico de drogas na região.  

Fonte: Ministério da Justiça

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Casal é executado dentro de carro em João Pessoa - PB

Um casal foi assassinado brutalmente no final da noite desta quinta-feira (14), no bairro do Bessa, em João Pessoa. O duplo homicídio ocorreu no momento que os jovens trocavam carícias. Segundo informações, os jovens estavam num veículo Ford KA, quando homens chegaram e cometeram o crime.
Informação que chegou para os policiais é de que um veiculo Fiat doblo de cor prata, teria parado próximo ao carro do casal e homens desceram e armados de pistolas 380 praticaram o crime.
O rapaz foi identificado como sendo Rodrigo Cristiano Soares de 28 anos, já a mulher não estava com nenhuma identificação, mas aparentava ter entre vinte e cinco e trinta anos de idade.
Até agora a Policia não tem informações sobre os motivos do duplo assassinato, porém, policiais disseram que crime tem característica de execução já que a maioria dos tiros foi na cabeça das vitimas.
 Com informações do portal correio.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Policiais de SP terão aumento de 27,7% escalonado até 2012

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou na tarde desta quinta-feira (14) um aumento escalonado de 27,7% no salário base de policiais civis, militares, científicos, além de agentes de segurança penitenciária (ASP) e de escolta e vigilância penitenciária (AEVP). O reajuste atingirá 150 mil servidores da ativa e por volta de 103 mil aposentados e pensionistas. O projeto de lei que será encaminhado para votação na Assembleia Legislativa prevê uma parcela de 15% de aumento, retroativo a 1º de julho, para este ano. A segunda parcela, que será paga em agosto de 2012, será de 11%. Esse percentual incidirá sobre o valor reajustado em 2011, o que faz com que o percentual total do reajuste chegue aos 27,7%.
Além do reajuste, o governo anunciou uma série de mudanças para as carreiras policiais que tem o objetivo de facilitar as promoções e a valorização das carreiras. “[O aumento] é primeiro um reconhecimento. É também um estímulo. Nós queremos valorizar a carreira policial”, afirmou o governador. Para Alckmin, existia “um gargalo” na carreira policial. “As pessoas tinham dificuldade para ascender na carreira. O que está se fazendo é dar uma oportunidade para uma ascensão”, declarou.
O presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado (ACSPMESP), Wilson Morais, afirmou à Agência Estado que o aumento era esperado desde que Alckmin, então em campanha para o governo, no ano passado, visitou a associação e conversou com os policiais a respeito de reajustes. Apesar de, segundo Morais, a defasagem dos vencimentos nos últimos dez anos ser da ordem de 40%, o anúncio mostra que o governo "começa a fazer justiça com a categoria".


Com informações do G1.com

Operação aumenta a apreensão de drogas e contrabando nas fronteiras

O balanço dos 30 primeiros dias da Operação Sentinela mostra que a fiscalização ostensiva, aliada a ações de inteligência e a integração com outros países, é capaz de coibir crimes transnacionais como o tráfico de drogas e armas e o contrabando de produtos. Parte do Plano Estratégico de Fronteiras, a operação já apreendeu pelo menos 11 toneladas de maconha e cocaína, 283,7 mil aparelhos eletrônicos e 358 mil pacotes de cigarros, além da prisão em flagrante de 550 pessoas. 
As apreensões de maconha subiram 64,2% em comparação ao total apreendido de janeiro a maio de 2011. Segundo o relatório de junho deste ano, 10,5 toneladas de maconha foram apreendidas enquanto o total de janeiro a maio ficou em 6,38 toneladas. O volume de cocaína apreendida (527,38 Kg) é 233 vezes maior do que a quantidade em junho de 2010.
O impacto no tráfico não se mede apenas pelas 11 toneladas de drogas já apreendidas. Numa nova estratégia de atuação na fronteira e sem interferir na soberania dos países vizinhos, o Brasil tem empreendido esforços para a erradicação de plantações de coca e de maconha nos territórios do Peru e do Paraguai. Cerca de 900 hectares de coca (que originariam 600 quilos de cocaína) e 600 hectares de maconha (que produziriam 1,2 mil tonelada da droga) estão sendo destruídos pela Polícia Federal junto com as polícias peruana e paraguaia.
“A nova estratégia tem foco na inteligência e no trabalho integrado dos agentes de segurança pública do Brasil e dos países vizinhos. Isso é fundamental para enfrentar o tráfico e os demais ilícitos transnacionais”, enfatiza o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.
A execução do Plano Estratégico de Fronteiras intensificou as abordagens policiais, que aumentam a probabilidade de apreensão de drogas e demais produtos ilegais, além de inibirem o crime. Comparando junho de 2010 com junho de 2011, houve um aumento de 287% no número de pessoas abordadas, subiu de 70.266 para 271.985.
O número de veículos abordados aumentou quase 14 vezes. Passou de 13.974 em junho de 2010 para 194.288 este ano. No caso das embarcações, o número de abordagens foi três vezes maior, foi de 127 em 2010 para 415 em 2011. 
Para melhorar o controle das fronteiras, houve aumento no efetivo policial (números não divulgados por questão de segurança) e também investimentos em equipamentos e recursos tecnológicos. No dia 30 de junho, como parte do plano, foram entregues aos 11 estados em região de fronteira uma primeira leva de equipamentos: 48 viaturas, 506 capacetes e 110 armas de menor potencial ofensivo, ao custo de R$ 7.136.768,00.  A partir desta semana, ações de fiscalização ganham força com o aumento do efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Com informações do Ministério da Justiça      

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Polícia da PB apreende dinheiro, armas e equipamentos para explosão de caixas

Dois acusados de envolvimento na última explosão de caixa eletrônico ocorrida na Paraíba foram presos poucas horas depois do crime. A ocorrência foi registrada às 3h20 da terça-feira (12) em Alagoinha, no Brejo paraibano, mas os suspeitos foram encontrados no município vizinho, em Mulungu. Com eles, a equipe do 4º Batalhão da Polícia Militar apreendeu R$ 7,9 mil em dinheiro e material usado pela quadrilha para ter acesso ao terminal de atendimento do banco Bradesco. Conforme a PMPB, quatro homens chegaram a Alagoinha em duas motocicletas e instalaram dinamites em um caixa eletrônico. Depois de explodir o equipamento, eles fugiram em direção à zona rural. A PMPB acionou equipes em Alagoinha, Cuitegi e Mulungu, além de tropas do Choque, da Rádio Patrulha e do Setor de Inteligência.
Dois envolvidos no crime foram encontrados: Manoel Messias Matias de Oliveira, 38 anos, e Elias dos Santos, de 42, conhecidos como 'Menininho' e 'Patola', ambos moradores de Alagoinha. A polícia suspeita que eles tenham dado apoio logístico para que os outros dois assaltantes fugissem.
Parte do dinheiro roubado foi recuperada. Além dos R$ 7,9 mil encontrados, a Polícia Militar encontrou uma espingarda calibre 32, um revólver calibre 38, 30 munições, duas chaves de fenda, uma placa de veículo adulterada, dois pés de cabra e um ferro de cova. Ainda foram apreendidos um balde contendo grampos adaptados que seriam utilizados para furar pneus de carros, possivelmente para impedir perseguições policiais, além de um binóculo com infravermelho e um uniforme camuflado do Exército brasileiro.
Os homens presos foram autuados em flagrante na delegacia de Polícia Civil de Mulungu pelo crime de furto qualificado. Eles foram transferidos para um presídio em Guarabira.

 Fonte: www.paraiba1.com.br

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Presa no Rio quadrilha que fazia escuta para investigar infidelidades

Uma quadrilha foi presa nesta segunda-feira (11) acusada de fazer escutas telefônicas ilegais para investigar empresas e casos de infidelidade conjugal. Segundo a polícia, três homens e uma mulher foram presos.
De acordo com a polícia, detetives particulares usavam o grampo para descobrir segredos de empresas concorrentes e como prova de traição. O dono do escritório de investigações particulares foi preso em casa, em um prédio em Copacabana, na Zona Sul do Rio.
Segundo a polícia, a quadrilha cobrava R$ 2 mil do cliente a cada 15 dias para manter as escutas. O grupo contratava um técnico em telefonia para fazer o grampo em postes nas ruas. A polícia chegou até a quadrilha quando prendeu, há seis meses, um homem que fazia uma ligação clandestina em um poste no Recreio, na Zona Oeste.

Fonte: G1.com

sexta-feira, 8 de julho de 2011

PRF prende na BR-230 motoqueiro por embriaguez e corrupção ativa

Um homem foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) conduzindo uma motocicleta sob efeito de álcool e ao tentar subornar os policiais. Aguinaldo Alves de Oliveira foi detido às 16h28 de quinta-feira, dia 7, no km 70 da rodovia BR-230, no Posto da PRF de Café do Vento, no município de Sobrado, visivelmente embriagado conduzindo uma motocicleta Honda CG-150, placa NQJ-5876/PB.
Para ser liberado e se livrar da responsabilidade, Aguinaldo ofereceu aos policiais a quantia de R$ 200. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para Delegacia de Polícia de Itabaiana.
Outro motoqueiro também foi preso pela PRF na tarde desta quinta-feira, dia 7, em Mamanguape, no km 41 da BR-101. Desta vez a PRF deteve Joedson Gomes Pereira, de 41 anos, conduzindo uma motocicleta Honda CG 125, com placa fria, CEP-2500, pertencente a um automóvel Peugeot 405, matriculado no município de Campinas (São Paulo). A placa original da moto KA-937/PE, é um placa antiga sem validade. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Mamanguape.

Fonte: www.onorte.com.br

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Policiais apresetam estratégia para votação da PEC 300

Lideranças dos policiais e dos bombeiros apresentaram nesta quarta (06) à Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado algumas estratégias consensuais que pretendem colocar em prática nos próximos dias. Eles decidiram criar um material didático para esclarecimento e publicidade dos reais objetivos do movimento em defesa das PECs 300/08 e 446/09, eles vão estabelecer um dia D, com data ainda não definida, para a vinda a Brasília de caravanas de policiais e bombeiros a fim de pressionar o Congresso e o Executivo a votarem o segundo turno das propostas que tratam do piso nacional dessas categorias.
Os policiais decidiram também apoiar a comissão especial, criada recentemente pelo presidente Marco Maia para reanalisar a PEC 300, desde que seja mantido o texto aprovado em primeiro turno no Plenário da Câmara e sejam contemplados os interesses de inativos e pensionistas.
Os manifestantes também vão criar uma comissão de estudos atuariais para calcular o real impacto financeiro que o piso salarial de policiais e bombeiros teria nas contas dos governos estaduais. Esse ponto específico é para impedir que ministros da área econômica e governadores apresentem contas diferentes em relação a esse impacto.
O grupo estabeleceu a criação de cinco coordenadorias regionais (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul) e da Confederação Nacional Provisória que agrega todas as associações que queiram colaborar com a PEC 300/08, e ainda vão organizar um fórum para esclarecer os objetivos da PEC 300 e do Fundo Nacional de Segurança Pública, que seria criado com recursos do Imposto de Renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).
Eles também vão continuar a buscar a assinatura de todos os líderes partidários para que as propostas sejam colocadas em votação em Plenário imediatamente, o deputado Mendonça Prado (DEM-SE), informou que até agora, apenas os líderes do PT, PSDB e PMDB ainda não assinaram o requerimento para a votação imediata da matéria. Mendonça prado acredita em uma solução conciliada para votação da matéria em Plenário.
Com informações da Câmara dos Deputados.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Policiais vão a Brasília lutar por aprovação

 Bombeiros e policiais militares realizaram nessa terça-feira (05) um protesto em frente ao Congresso Nacional para pressionar o plenário da Câmara dos Deputados a votar a PEC 300 - proposta que prevê a criação de um piso nacional para a categoria.

O projeto foi aprovado em primeiro turno no dia 7 de julho de 2010. Desde então, a proposta não entrou na pauta para ser votada em segundo turno. O governo é contra a medida, alegando que a proposta irá criar mais despesas para a União, enquanto os governadores temem que a PEC cause grande impacto fiscal nas contas estaduais.

O presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, deputado Mendonça Prado (DEM-SE), prometeu se reunir pela tarde com os líderes do movimento. "É preciso votar a matéria para evitar atos de revolta por parte dos policiais. Não é admissível que policiais ganhem R$ 900", afirmou.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

PRF registra 30 acidentes nesse final de semana na PB

A Polícia Rodoviária Federal registrou, nas últimas 72 horas do final de semana, 30 acidentes com 17 feridos e uma morte nas estradas federais que cortam o estado da Paraíba. Nesta segunda-feira (4), uma mulher morreu após cair de uma motocicleta, em Junco do Seridó, na Borborema paraibana. A ocorrência, no entanto, não foi contabilizada no balanço do fim de semana.
O caso de morte registrado no levantamento da PRF aconteceu às 4h do domingo (3), no km 12,1 da BR-230, próximo do conjunto Renascer, em Cabedelo. A paulista Lucilly Zavatine, de 21 anos, morreu após o carro que ocupava, uma camioneta GM Montana Conquest, ter saído da pista e capotado em seguida.  A PRF acredita que a vítima não estava usando o sinto de segurança.
Durante o fim de semana a PRF fiscalizou 699 veículos, lavrou 258 autos de infração de trânsito, 19 veículos ficaram retidos para regularização, um animal foi apreendido e 13 pessoas receberam auxilio dos policiais.
Ainda, quatro pessoas foram encaminhadas para Delegacia de Polícia, sendo uma por possuir mandado de prisão em aberto e três que estavam dirigindo sob efeito de bebida alcoólica.

Com informações do paraiba1.com.br

sexta-feira, 1 de julho de 2011

PF prende sete suspeitos de tráfico no PR

Sete pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (1º), durante uma operação da Polícia Federal (PF), nos municípios de Maringá e Foz do Iguaçu (PR). A “Operação Mandacaru” apreendeu também 12 veículos, que pertenciam à quadrilha, considerada uma das maiores do Paraná.
O grupo distribuía pelo Paraná mais de 150 kg de cocaína por mês. A origem da droga, segundo a polícia, era do Paraguai e entrava no Brasil por Foz do Iguaçu.
Além do tráfico de drogas, o grupo é investigado por outros crimes, segundo o policial federal Luiz Alfredo Ribas. “Nós temos que alguns homicídios, que normalmente se qualificam como extermínio, queima de arquivo, tenham sido realizados por esse pessoal”, afirmou Ribas.

Com informações do G1.com