sexta-feira, 10 de junho de 2011

Região Norte irá receber reforços Federais para combater crimes a líderes ambientais


Os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Maria do Rosário (Direitos Humanos) percorrem nesta quinta (9) e sexta-feira (10) os estados do Amazonas, Pará e Rondônia. Acompanhados da secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, do diretor geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, os ministros se reúnem com governadores, autoridades do Judiciário e  movimento sociais. O objetivo é garantir o apoio dos órgãos de segurança pública federais e definir ações para combater a violência e a impunidade no campo.
As visitas fazem parte das atividades da força-tarefa criada pelo governo federal para investigar os assassinatos de líderes ambientais e ocorridos no final de maio na região norte. Tropas da Força Nacional de Segurança chegaram à região na terça (7) para auxiliar as polícias locais. No Pará, a Força instalou sua sede operacional em Marabá, Altamira e Santarém (oeste).
O envio da tropa atende ao pedido do governo do Pará para cooperar com a preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio público federal, em apoio às polícias Civil e Militar. Serão enviadas tropas federais também para coibir a violência agrária em Rondônia e Amazonas. A primeira etapa da operação é de policiamento propriamente dito, envolvendo a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Força Nacional, além do suporte das Forças Armadas.
Outro objetivo da operação lançada pelo governo federal no Norte do país é garantir que os crimes não fiquem impunes. O  Ministério da Justiça oferece apoio também para agilizar os inquéritos policiais. Atualmente, a Força Nacional atua em outros estados, como Alagoas, onde mais de seis mil inquéritos estavam parados. Da mesma forma, é  fundamental a agilidade da Justiça para julgar e punir crimes, como as mortes de trabalhadores rurais por conta de conflitos agrários.


Com informações do Ministério da Justiça

Nenhum comentário:

Postar um comentário