sexta-feira, 29 de abril de 2011

Agentes da Policia Civil em MG, param em Maio

Agentes da Polícia Civil de Minas Gerais decidiram em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira, parar por tempo indeterminado. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Servidores da Polícia do Estado de Minas Gerais (Sindpol-MG). De acordo com a corporação, a greve deve ter início no dia 10 de maio, caso o governo não se manifeste. 
Os policiais pedem aumento no quadro de funcionários, equiparação remuneratória de delegados da polícia e representantes do Ministério Público, e melhores condições de trabalho. Atualmente, o salário de um profissional da categoria é de R$ 2.040.
Nesta tarde cerca de 2,5 mil policiais fizeram uma manifestação no Centro de Belo Horizonte. Eles se reuniram na Praça da Liberdade e seguiram para a Praça Sete. Os manifestantes fizeram um círculo em volta do obelisco, conhecido como pirulito da Praça Sete fechando alguns cruzamentos. Eles queimaram caixões. Segundo a corporação, o ato significa o enterro da corporação.
A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou, em nota, que as reivindicações apresentadas pelo Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindpol) estão sendo analisadas. Segundo a secretaria, como a maior parte delas tem impacto direto no orçamento do Estado é necessária uma avaliação técnica detalhada para qualquer decisão.
Nesta tarde, os policiais queimaram um caixão na Praça Sete durante uma manifestação, de acordo com a BHTrans, o trânsito ficou caótico em todo hipercentro da cidade.





Com informações do em.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário