quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Policial armado atira dentro de estádio na PB

O policial civil que ganhou as manchetes nacionais ao sacar pistola e atirar para o alto durante partida do Treze contra o São Paulo, disputada ontem (16) à noite no estádio Amigão em Campina Grande, se apresentou à polícia e explicou que estava tentando apaziguar uma confusão na arquibancada.
No filme, que circulou nos principais telejornais do País, o policial aparece disparando a arma e sendo criticado por torcedores assustados. “Despreparado”, diziam em coro.
O policial disse, porém, que a confusão foi iniciada com o disparo de um rojão. Por isso sacou a arma para controlar os torcedores.
Ele, que estava acompanhado por mais dois colegas (também armados), foi liberado depois de prestar o depoimento. E durante as investigações será afastado das funções.
A tensão em Campina Grande começou bem antes do início da partida. Policiais militares aquartelados se recusavam a fazer a segurança do jogo, o que fez o comando da equipe paulista chegar a cogitar não entrar em campo.
O Amigão, aliás, já tinha ganhado as páginas dos jornais do País no início da semana, que destacaram os danos infraestruturais – com vazamentos, gramado esburacado e infiltrações.

Fonte: Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário