terça-feira, 9 de novembro de 2010

Rebelião em presídio no MA

Uma rebelião no Anexo III, do Presídio São Luís do complexo Penitenciária de Pedrinhas, na capital maranhense, deixou pelo menos nove (9) mortos e cinco (5) agentes como reféns. Todas as vítimas cumpriam pena por estupro e dos nove presos assassinados, três foram degolados e os demais decapitados. Fontes não oficiais indicam que a rebelião pode ter resultado em pelo menos 14 mortos.
O motim começou por volta das 9h, quando presos do Anexo III aproveitaram-se que um agente penitenciário, Raimundo de Jesus Coelho, o Dico, que estava realizando uma vistoria no local. Nesse instante, detentos renderam o agente, tomaram sua arma e o alvejaram com dois tiros. O agente foi transferido para um hospital da capital. Seu estado de saúde grave.
As negociações transcorreram até o início da noite de ontem (08). Hoje (09) devem ser retomadas novas conversas, que estão sendo mediadas pela Polícia Militar, Ordem dos Advogados do Brasil seccional Maranhão (OAB-MA) e Sociedade Maranhense de Direitos Humanos.
A assessoria de imprensa do Ministério da Justiça informou está enviando cerca de trinta (30) homens da Força Nacional e um (01) negociador, para atuar no conflito e negociações.

Charles Everton, ainda com informações do Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário